terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Visão noturna

Essa noite fiquei horas olhando a cidade dormir.
Janelinhas acendendo e apagando suas luzes de uma forma que parecia até ensaiada.
Algumas luzes ficaram acesas a noite toda, fiquei imaginando se a pessoa teria medo do escuro...

O asfalto brilhando com o reflexo da luz nas gotas da chuva que tinha caído um pouco antes.
E tudo em silêncio!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

"Milhões de vasos sem nenhuma flor"

A única coisa que ela queria encontrar no momento era um 'vaso florido'.
Um ser pensante, e não uma pessoa envolvida em um mundo comandado pelo "ser o que o outro deseja". Alguém livre e único.
Alguém que a deixe ser o que realmente é, e nada mais.

(Título: trecho da música "Relicário", de Nando Reis).