quinta-feira, 27 de maio de 2010

Selinho


Mais um selinho que ganhei do Raphael Trew!
Adorooooooo! hehehehehe
Gosto muito mesmo... Obrigada mais uma vez!

Well... As regras são as mesmas e, como no outro selo, vou deixar a imagem aqui para, aqueles que me seguem, ficar a vontade para pegarem.
O único ítem diferente é que devemos falar algo que é mágico para nós.
Para mim, a natureza é mágica! As nuvens, principalmente... As formas que elas fazem no céu!

terça-feira, 25 de maio de 2010

Em resposta à revista Veja

Infelizmente, algumas pessoas ainda tem uma idéia errônea do real significado da palavra "Bruxa", como demonstraram os repórteres da revista Veja na sua última capa sobre a procuradora que torturou uma criancinha de 2 anos de idade, onde escreveram "A Confissão da Bruxa". Como disse Claudia Hauy, chamar uma torturadora de crianças de Bruxa, seria o mesmo que dizer que todos os Padres são pedófilos!

Segue abaixo um texto escrito por mim em maio/2006 sobre o que a maioria de nós, adeptas da Bruxaria e do Paganismo, pensamos sobre o que é ser uma Bruxa. E esperamos, sinceramente, que a Veja reconsidere o que escreveu, reafirmando a seriedade e confiança que tantos brasileiros a atribuem.

"Estou lendo no momento o livro "O templo interior da bruxaria", de Christopher Penczak.
No primeiro capítulo ele trata dos vários significados da palavra "bruxa". Não só a origem como as diversas impressões que podemos ter ao ouvir/ler esta palavra.
Muitos, ao entrarem em contato com a palavra "bruxa" logo vem a mente uma pessoa velha, com um chapéu pontudo, um vestido preto, cheia de rugas na face e uma verruga na ponta do seu enorme nariz. Alguém que mora numa casa velha, longe da cidade, com seu gato preto e que adora fazer maldades com os outros. Além de imaginarem poções mágicas do tipo "uma asinha de morcego, uma perna de rã" ou então alguém que mata criancinhas para comê-las no jantar... Isso me lembra a vez que comprei meu caldeirão. Quando cheguei em casa, a primeira coisa que meu pai falou foi "então é aí que vocês fritam os sapos e cozinham as criancinhas?" hehehe...
Deixando de lado este "modelo" criado pelos contos infantis, vamos ao que interessa.
No final do primeiro capítulo do livro o autor nos incentiva a criar a nossa própria visão do que seria uma bruxa... Então, vamos lá...

O que é ser uma bruxa pra mim?

Nunca pensei que fosse tão difícil passar isso para um papel. Sei exatamente o que significa ser uma bruxa para mim, mas não sei como me expressar para passar o que penso para os outros. Mas, não custa tentar...
Uma bruxa, para mim, é uma pessoa comum, como todas as outras, mas ao mesmo tempo diferente. É uma pessoa sensível a tudo que acontece a sua volta. Alguém que está sempre atento aos sinais que a Natureza nos oferece. Que aprecia a chuva caindo no chão e o cheirinho de terra molhada; as ondas do mar vindo e voltando; a lua no céu; o sol que nos ilumina e aquece.
Uma bruxa não precisa fazer feitiços para ser considerada como tal, muitas nem sabem que são bruxas. Essas pessoas vivem da magia, mas talvez nem saibam o significado desta palavra. A magia delas é colocar ervas dentro de um pouco de água fervida para curar uma doença; de jogar ingredientes dentro de uma panela e tranformá-los num saboroso alimento; de plantar uma semente no quintal, ou num vaso, e cuidar dela até que esta semente cresça e se torne uma linda flor. E elas vivem tudo isso tão itensamente que acabam passando uma ótima energia aqueles que estão a sua volta.
Não há uma religião específica para as bruxas, porque a magia não tem religião. Ela acontece em todo lugar, seja rituando para os seus Deuses, seja orando dentro de uma Igreja. A magia está presente em tudo o que fazemos, independente daquilo que acreditamos.
Acredito que para ser uma bruxa, basta prestar atenção nesta magia que acontece a todo momento, e conseguir conduzir esta energia para um propósito, mesmo que isso seja um ato incosciente.
Sei que muitos não vão concordar com esta minha visão do que é ser uma bruxa, então, deixo a pergunta:

E, para você... O que é ser uma bruxa?" 


(Daniela Garcia)

domingo, 23 de maio de 2010

Futuro

Hoje a tarde estava assistindo "Gilmore Girls" com minha mãe.
Pra quem não conhece, eis uma sinopse aqui.
Uma das personagens principais citou uma frase que ficou na minha cabeça:
"Não há hora melhor que a presente".

Pensando nessa frase, e refletindo sobre uma decisão que tomei essa semana, de forma inesperada e compulsiva, vi que, talvez, essa tal iniciativa na 'hora presente' daquele momento foi a melhor que poderia ter escolhido.
Amanhã começa um novo futuro pra mim. De certa forma, ainda incerto, porém novo.
Não sei exatamente o que vai acontecer, quem vou encontrar, etc... E, como sempre, quando mudanças acontecem, estou fazendo sacrifícios devido a decisão tomada.
Espero que não me arrependa, porque não tem mais volta, nem que eu queira!

Com essa mudança brusca, tenho esperança de mudar outros 'campos' da minha vida que estão estagnados há tempos.
Ok, sei que é errado eu colocar minhas esperanças num acontecimento, sendo que esses 'campos' já poderiam ter sido mudados antes.
Mas é que respirar outros ares me anima mais pra isso!

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Saudade

Hoje estou com saudade de algo que nunca tive...
Está apertando tão forte o peito, que parece até uma dor física.
Dá vontade de gritar, de sair correndo, sei lá...
Só sei que é insuportável!


Foto: eu mesma, em julho de 2005.

Outro selinho

O Raphael Trew me presenteou com mais um selinho.
Agradeço muito esse gesto, pois, para mim, é um grande elogio que recebo com relação aos meus escritos.
Obrigada, mesmo!

Bom, como todos os selos, ele tem regras:
- Dizer duas coisas que fazem você sorrir: criança brincando e idoso feliz.
- Dizer uma coisa que faz você sorrir sobre o blog do qual recebeu o selo: a sensibilidade do autor.
- Indicar o selo para 5 a 20 blogs e avisá-los: bom, essa vou deixar pra quem quiser pegar o selinho, pois todos que comentam aqui são pessoas maravilhosas e que adoro!

Lógico que a regra principal é mostrar o selo no blog, e aí está ele:

quinta-feira, 13 de maio de 2010

A Justiça e A Torre

Antes das minhas férias acabarem, já prevendo que novidades aconteceriam comigo no novo ano de trabalho, resolvi, depois de muito tempo, tirar uma lâmina de tarot. (Eu uso o Mitológico).
Ao embaralhar as cartas, caiu "A Justiça", ou seja, Athena, a Deusa com quem tenho mais proximidade.
Minha intuição falava para retirar mais uma lâmina, como um complemento, e, obedecendo o que eu sentia, terminei de embaralhar e escolhi uma carta: saiu "A Torre", que é representado pelo Labirinto de Minos.
No momento fiquei sem entender essa combinação, confesso.
"A Justiça" me trouxe um sentimento que achei até, na hora, mais adequado para "Os Enamorados". Um sentimento de escolhas. Já "A Torre", como sempre, me mostrou que algo deveria ser derrubado para ser reconstruído, o que me pareceu bem estranho, já que tudo estava caminhando para exatamente aquilo que eu queria dentro do meu emprego.
Porém coisas foram acontecendo na primeira semana de trabalho, e hoje, na quinta-feira da segunda semana, já consigo identificar bem o que essas duas lâminas queriam me dizer.
Sim, fiz uma escolha na última terça-feira que todos aqui em casa acharam ser a melhor que eu poderia fazer. E, sim, com a escolha que fiz, haverá uma mudança muito grande que eu não sei se dará certo, mas que precisa ser feita.
Infelizmente, vou me distanciar de pessoas que tanto gosto, que talvez não veja mais, porém há momentos que precisamos deixar a razão falar mais alto que a emoção, precisamos criar estratégias para chegar até o meio do labirinto sem se perder, para conseguirmos voltar e recomeçar.

sábado, 8 de maio de 2010

Mais um selinho


Ganhei mais um selinho, dessa vez do Raphael Trew.
Obrigada, viu!? Eu adorei!

Vamos as regras, então:
- Exibir a imagem do selo no blog.
- Exibir o link do blog que você recebeu a indicação (está ali em cima, viu?!)
- Escolher 10, 15 ou 20 blogs para dar a indicação e avisá-los.

Ok! Vamos aos blogs escolhidos agora:
Cantinho Vegetariano
Oráculo da Bruma
Germinando
Dea Matter
1... 2... 3... Sex and The City
Grafias Noturnas
Kharis Selene
A Vida Nova da Rafa
Sagrados Segredos da Terra
Amor & Cia Ltda
Ora Bolas de Pelo
Máquina de Letras
Epifanias
Serendipities
Virgo Sum

sábado, 1 de maio de 2010

Férias X Trabalho

A partir de amanhã volto a minha vida (quase) normal.
A maioria das pessoas diz que as férias passam rápido... Para mim, parece que faz um século que não trabalho.
Não me sinto útil quando não estou trabalhando, não gosto dessa sensação.
Sim, descansar é preciso, e eu realmente precisava, mas 30 dias são demais para mim!
Aliás, é a primeira vez que fico 30 dias de férias... Antigamente, quando ficava 15 era uma vitória!!!
Sinto-me totalmente perdida... Parece que minha vida não vai pra frente!
O bom é que deu tempo para pensar em muita coisa, olhar para mim mesma e analisar o que precisava ser mudado.
Penso que voltarei mais madura ao trabalho amanhã... Vamos ver!
Não sei como andam as coisas por lá, então não tem como prever muita coisa, já que decidi ficar totalmente sem notícias do trabalho (a não ser certos detalhes que ficaram para serem resolvidos em abril, mas que não me tomaram muito tempo... e foram positivos!)

Bom, é isso!
Feliz dia do trabalhador para todos, que eu vou comemorar o meu voltando ao trabalho!
=)