quinta-feira, 13 de maio de 2010

A Justiça e A Torre

Antes das minhas férias acabarem, já prevendo que novidades aconteceriam comigo no novo ano de trabalho, resolvi, depois de muito tempo, tirar uma lâmina de tarot. (Eu uso o Mitológico).
Ao embaralhar as cartas, caiu "A Justiça", ou seja, Athena, a Deusa com quem tenho mais proximidade.
Minha intuição falava para retirar mais uma lâmina, como um complemento, e, obedecendo o que eu sentia, terminei de embaralhar e escolhi uma carta: saiu "A Torre", que é representado pelo Labirinto de Minos.
No momento fiquei sem entender essa combinação, confesso.
"A Justiça" me trouxe um sentimento que achei até, na hora, mais adequado para "Os Enamorados". Um sentimento de escolhas. Já "A Torre", como sempre, me mostrou que algo deveria ser derrubado para ser reconstruído, o que me pareceu bem estranho, já que tudo estava caminhando para exatamente aquilo que eu queria dentro do meu emprego.
Porém coisas foram acontecendo na primeira semana de trabalho, e hoje, na quinta-feira da segunda semana, já consigo identificar bem o que essas duas lâminas queriam me dizer.
Sim, fiz uma escolha na última terça-feira que todos aqui em casa acharam ser a melhor que eu poderia fazer. E, sim, com a escolha que fiz, haverá uma mudança muito grande que eu não sei se dará certo, mas que precisa ser feita.
Infelizmente, vou me distanciar de pessoas que tanto gosto, que talvez não veja mais, porém há momentos que precisamos deixar a razão falar mais alto que a emoção, precisamos criar estratégias para chegar até o meio do labirinto sem se perder, para conseguirmos voltar e recomeçar.

2 comentários:

  1. Ô se te entendo! Às vezes parece loucura, mas um passo pode fazer total diferença mais pra frente... e mesmo agora, sentir alívio, etc.
    Faz bem, não importa. Você fez o que sua intuição indicou...
    =)

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Tem um selinho para vc no meu blog !!!!

    até !!!!!

    ResponderExcluir